Arquivo mensal: novembro 2012

Vídeo cobertura do festival Pá na Pedra 2012

Metendo a pá na pedra

Por: Brenda Santos e Antônio Benvindo

Depois da semana escolar do Festival Pá na Pedra, com muito interesse por parte dos alunos ao mundo cultural, político e social, a pá continua batendo na pedra até lapidar.

Na sexta-feira (26) foi promovido a 8ª Edição do Encontro dos Compositores e a segunda do Sarau no Ribeirão, dois eventos que foram unificados no mesmo local, encheu os olhos de muita gente e transbordou as almas presentes de música e poesia. Tivemos a presença de Luiz Sérgio, Ricardo Reis, Welbert Messias e  Valdir Júnior, Raul Mariano e Felipe Avelar, alem de rolar um palhinha do Cássio Morais e Marcos da banda Se7ima, tivemos também intervenção da poeta Patrícia Alhures – todos, em sua maioria, de Neves ou de regiões próximas. O Espaço Ateliê, que ficou pequeno para tamanha beleza, o clima aconchegante que atraía a atenção de quem passava perto. Tudo isso com boa comida e muita cerveja.

Sábado (27), o Festival continuou o levante de uma nova onda jovem na cidade: Quarteto Instrumental (Neves), Agbara (Belo Horizonte), S.O.S Periferia (Santa Luzia), [FS]No Fakes (dançarinos de free step – Neves) e Pequena Morte (Belo Horizonte) se apresentaram na Praça Central de Ribeirão das Neves, e deixaram o público saciado de cultura de qualidade. Público esse que, no início, se mostrou um pouco tímido, mas pouco a pouco sentiu que a cultura é para todos e dançou, pulou, bebeu, brincou e se divertiu ao som de qualidade e gratuito. Inúmeras máquinas fotográficas se mostraram presentes, demonstrando a vontade coletiva de registrar esse momento e esse festival que uniu vários gostos diferentes num só local, com uma só vibe.

Domingo (28) 9h30, no Parque “Ecológico” de Ribeirão das Neves, esportistas diversos (skatistas, slackliners, ciclistas, etc) presenciaram um Workshop de Slackline e um Campeonato de Skate, acontecimentos que fizeram a ocupação do espaço público ainda mais divertida. Nem o sol escaldante da tarde desencorajou o pessoal do esporte, o ânimo transmitido demonstrou isso.

A partir de 17h, também na praça central de Ribeirão das Neves, Coiotes S.A. (Neves), Coletivo Dinamite (Belo Horizonte), Se7ima (Neves) e Vivendo do Ócio (Salvador – BA), pincelaram mais uma camada de inovação na cidade. Fãs de localidades distantes vieram prestigiar suas bandas favoritas. Já no início o local se encontrava em processo de lotação por pequenas estrelas à espera de música boa pra brilharem – muitas se dirigiam à banquinha Fora do Eixo e a banquinha Semifusa, ambas repletas de CDs, camisas, chaveiros e informativos produzidos pelo setor independente.

Essa terceira edição do Festival Pá na Pedra marcou a memória de muita gente e, ano que vem, quer esse mesmo público com esse fôlego. Agradecimentos de toda família Semifusa aos presentes em alguma das atividades. Que venha o Festival Pá na Pedra 2013!

VEJA MAIS FOTOS AQUI

%d blogueiros gostam disto: