Arquivo mensal: julho 2013

Abertas inscrições de artistas para o Festival Pá na Pedra 2013

Artistas e bandas já podem se inscrever para o Pá na Pedra 2013

Inscreva sua bandas

Estão abertas as inscrições para músicos e bandas participarem do Festival Pá na Pedra 2013. Todos os interessados devem se candidatar, até 1º de agosto, na página do evento no Toque no Brasil (no link abaixo). Os perfis dos interessados devem conter uma breve descrição da banda, imagens e músicas disponíveis para a curadoria conhecer os trabalhos e fazer a seleção.

Um dos critérios de seleção para o festival é atração possuir um trabalho autoral. “A ideia do festival é valorizar o trabalho de criação dos artistas e bandas. Procuramos dar prioridade também para a produção local, principalmente a nevense e da região metropolitana”, explica Marcos Brey, diretor do Coletivo Semifusa, que realiza o evento.

“O Pá na Pedra hoje é uma vitrine para o trabalho dos artistas, e percebemos que, a cada ano, cresce o número de interessados em participar do festival. Isso porque é um evento reconhecido e esperado pelo público que já sabe que todos os anos, vai ter Pá na Pedra no segundo semestre e que é a oportunidade de conhecer muita música boa”.

O resultado da seleção será divulgado na segunda quinzena de agosto. Os shows desta edição do Pá na Pedra ocorrem nos dias 28 e 29 de setembro, em Ribeirão das Neves.

Chique e faça sua inscrição: tnb.art.br/festivalpanapedra

Anúncios

Vem aí o Pá na Pedra 2013

Quarta edição do Festival de Artes Integradas terá shows, oficinas, sarau, apresentações de dança e teatro, entre outras atividades
 Teaser PnP 2013 final
 

A quarta edição do Pá na Pedra já tem data marcada. De 21 a 29 de setembro, Ribeirão das Neves terá programação cultural intensa com shows, apresentações de teatro e dança, atividades de formação, entre outras. Promovido pelo Coletivo Semifusa, o festival integra o Circuito Mineiro de Festivais Independentes, e está inserido no calendário cultural do estado.

Entre os eventos que somam a essa edição do Pá na Pedra estão o Encontro de Compositores, que retorna ao seu local de origem, além do Sarau no Ribeirão, que valoriza a produção literária na cidade.

Para discutir o tema deste ano “E Você, o que faz por Neves?” (ver mais detalhes abaixo), o Coletivo Semifusa invade a programação da Pós TV, com a apresentação da cidade e do trabalho de pesquisa de Antônio Carlos Benvindo, Marcos Antônio Silva e Nayara Amorim, que irão fazer um levantamento e avaliação sobre os dados estatísticos relacionados a Ribeirão das Neves, a partir do Censo do IBGE de 2010.

Participe

Este ano, as atividades do Pá na Pedra têm como tema a pergunta “E você, o que você faz por Neves?”. Essa é uma evolução do tema das últimas edições do festival e a intenção é, além de conhecer mais o município, promover ações que valorizem a cidade. Uma boa oportunidade para acompanhar reinvindicações que ocorrem por todo o país e valorizar ações que busquem a melhora das condições de Ribeirão das Neves em diversos segmentos.

Sem esconder a “cara feia” da cidade, o objetivo é também mostrar o cidadão nevense como agente transformador do espaço em que vive.

 

Teste faz por neves

Quer ajudar a compor o tema? Envie sugestões, vídeos ou fotos de ações que influenciam (negativamente ou positivamente) no crescimento da cidade para o e-mail:  acaopanapedra@gmail.com. Durante todo mês de julho e agosto iremos divulgar essas fotos no site do Pá na Pedra e nas redes sociais. Participe!

Metendo a Pá na Pedra

A primeira edição do Pá na Pedra ocorreu em 2010 quando, pela primeira vez, foi realizado um festival em Ribeirão das Neves aliando oficinas, exibição de filmes e shows na Praça Central da cidade.

Já em 2011, o festival expandiu sua programação e incorporou as atividades de teatro e dança. Os shows ocorreram no Parque Ecológico de Ribeirão das Neves, reunindo cerca de 1.500 pessoas em dois dias..

A última edição do Pá na Pedra, em 2012, consolidou o formato do evento que, além das apresentações e workshops, somou atividades que valorizassem a cultura local, como o Percurso Cultural em Ribeirão das Neves. Dois dias de  shows lotaram  a Praça Central, no total mais de 2.000 pessoas assistiram bandas locais, mineiras e de outros cantos do país, como Pequena Morte de Belo Horizonte  e Vivendo do Ócio de Salvador.

 

%d blogueiros gostam disto: