Arquivos do Blog

Uganga

A terceira banda a se apresentar na noite de domingo do Pá na Pedra foi a Uganga. O pessoal veio de Araguari e foi uma das escolhidas pelo Musica Minas para Circular pelo estado e, claro, dar uma paradinha em Neves.

A Uganga representou o Metal na programação do Pá na Pedra, o que fez pirar o público fã do estilo que estava no parque. E que empolgação a da banda que tomou conta do espaço. E por falar em tomar conta do espaço, eles ainda fizeram uma banquinha para o show, cheia de coisas com a marca da banda.

Eles acabaram de voltar de uma turnê pela Europa em que gravaram seu primeiro CD ao vivo, que deverá ser lançado em breve. Vale a pena visitar a página da banda e curtir o som: http://www.uganga.com.br.

Anúncios

Slim Rimografia e Thiago Beats no Pá na Pedra 2011

Slim Rimografia & Thiago Beats

Mais uma atração garantida no evento. Slim Rimografia e Thiago Beats prometem um grande show de Rap para aqueles que estiverem no Parque Ecológico no dia 10 de setembro. A dupla, está em turnê divulgando o seu mais novo trabalho “Mais que Existir”. No repertório que será apresentado, músicas dos três álbuns de Slim Rimografia, no estilo Live P.A, com uso de equipamentos eletrônicos, Beatbox e experimentações ao vivo.

Slim Rimografia já escreveu páginas na história do hip hop. Começou como b-boy, passou pelo grafite até se encontrar no rap – é um dos nomes mais lembrados quando se fala em freestyle no Brasil. Hoje tem dois discos lançados – “Financeiramente Pobre” (2003), “Introspectivo” (2006) e “Mais Que Existir” (2011). Junto com seu parceiro Thiago Beats, Slim realiza shows que surpreendem pelas experiências sonoras e musicalidade, ultrapassando as barreiras do rap, sendo que cada apresentação acaba sendo única. No palco, criam batidas ao vivo, improvisando sobre baterias eletrônicas e instrumentos acústicos. Recentemente, Slim participou do festival Midem, em Cannes, e mantém parceria com o renomado produtor norte-americano Clutchy Hopkins. Seu trabalho recebe elogios de nomes como Gilles Peterson e DJ Premier e faz parte de sets de caras como KL e DJ Marco.

Thiago Beats é uma das referências de beatbox no Brasil e por muitos especialistas no assunto é considerado o mais completo, principalmente pela variedade de ritmos e timbres e talvez por considerar seu beatbox como instrumento musical. Em sua trajetória, desde 1995 quando foi a primeira vez que se apresentou em público, representou diversas marcas mundialmente famosas como Coca-Cola, Bacardi, Redbull, Scania, Nestlé, Sadia, Sony Ericsson, Honda, Petrobrás, entre outras. E também representou o Brasil na França dando oficinas de ritmos brasileiros e sendo jurado da eliminatória Francesa pro campeonato Mundial de beatbox. Já se apresentou em diversos canais de TV, casas noturnas renomadas e em grandes eventos com participações de artistas e músicos conhecidos do grande público. Além do beatbox e de fazer voz de apoio, Thiago também se destaca por sua habilidade em tocar e manipular instrumentos eletrônicos como MPC, MPD, Looping e Samplers.

Saiba mais sobre a dupla no: www.srtb3.com

Conheça as três bandas selecionadas pelo Música Minas para tocar no Pá na Pedra

Os grupos foram escolhidos através do Edital de Circulação Estadual, promovido pelo Programa Música Minas. Ao todo, 15 artistas/grupos foram selecionados para se apresentar nos festivais do Circuito Mineiro de Festivais Independentes. Entre essas, as bandas Frito na Hora, Capim Seco e Uganga são as novas atrações confirmadas para o Pá na Pedra 2011.

Frito na Hora (Foto: João Miranda)

A Frito na Hora, de Belo Horizonte, é uma orquestra de percussão que trabalha o improviso musical dirigido ao vivo e em tempo real. As composições são realizadas diante do público. Os recursos de palhaçaria e dinâmicas inusitadas incorporadas à música, resultam em grande envolvimento do público com a orquestra e garantem um caráter singular de interação.  A Frito na Hora se apresentará no dia 11 de setembro, no Parque Ecológico.

Para saber mais sobre a orquestra basta acessar o site www.fritonahora.com.

Capim Seco (Foto: Bárbara Monteiro)

Capim Seco, que também é de Belo Horizonte, traz uma concepção de samba que vai além do tradicional carioca. A banda faz um samba que resulta das diversas manifestações culturais e religiosas, como jongo, lundu e candomblé, além de outras vertentes como o jazz. O quinteto apresenta um instrumental arrojado, arranjos que singularizam cada música executada e a envolvente performance da cantora Michelle Andeazzi. No repertório, o destaque são as canções autorais do grupo e de parceiros da música mineira. Capim Seco subirá ao palco do Pá na Pedra no dia 11 de setembro, no Parque ecológico

Para saber mais sobre a banda, visite www.myspace.com/capimseco.

Uganga

A banda Uganga é de Araguari e foi criada em 1993, pelo vocalista Manu Joker. A banda faz parte da história do Rock pesado Mineira. Diretamente influenciado por Thrash Metal e Hardcore, o Uganga somou à essa fusão (crossover) algumas passagens mais atmosféricas inspiradas no Dub e uma dose extra de groove na cozinha. Nas letras, relfexoes acerca do respeito à mãe natureza, livre arbítrio, dilemas cotidianos e auto-conhecimento. Em sua trajetória, já lançou três demos e três CDs oficiais, o ultimo, Vol.3: Caos Carma Conceito foi lançado no Brasil e na Europa pela gravadora Metal Soldiers Records, de Portugal. Uganga toca também no dia 11 de setembro, no Parque.

Mais informações no: www.myspace.com/uganga

.

%d blogueiros gostam disto: