Arquivos do Blog

Sarau no Ribeirão

O Sarau no Ribeirão iniciou-se no dia 29 de setembro na Casa de Cultura. Com pouca experiência e alguma imaturidade na organização, a primeira edição foi uma das mais lindas realizadas. Hoje, em setembro, dia 21, o evento completa um ano de existência. Consolidou amizades, revelou poetas e artistas, aproximou pessoas à poesia, ocupou de forma majestosa espaços públicos e tem cumprido o que propôs: tentar disseminar as mais diversas formas de expressão de forma lúdica e interativa.

Flyer Sarau

Reunidos em roda dentro de um varal de poesias, várias pessoas se encontram todo final do mês para recitar seus escritos e valorizar as criações nevenses. Sarau no Ribeirão é, principalmente, o entendimento de que a cidade pode ser muito mais do que a gente imagina.

Para comemorar essa data especial pra todo mundo que alguma vez já se fez presente no encontro, abriremos e integraremos a semana de programação intensa do Festival Pá na Pedra realizado pelo Coletivo Semifusa.

É com grande felicidade que convidamos a todos a comparecerem, a levarem os amig0s, os instrumentos musicais, os escritos e o que mais apetecer. Façamos desse 12º aniversário o que ele merece ser.

E você, o que faz por Neves? – Bolinho de Carne

Talvez as pessoas não saibam, mas Ribeirão das Neves é rica em sua gastronomia, e um dos produtos produzido aqui que mais chama a atenção é o “bolinho de carne”. Produto revendido principalmente nos bares da cidade, sempre chama a atenção de turistas, que quando vem a cidade ficam curiosos em degustar o bolinho. Confira a entrevista com as responsáveis pelo bolinho e conheça quem está por trás dessa iguaria. E você, o que faz por Neves? Uma ação #festivalpanapedra Curta no faces www.facebook.com/Festival Pá na Pedra.

Metendo a pá na pedra

Por: Brenda Santos e Antônio Benvindo

Depois da semana escolar do Festival Pá na Pedra, com muito interesse por parte dos alunos ao mundo cultural, político e social, a pá continua batendo na pedra até lapidar.

Na sexta-feira (26) foi promovido a 8ª Edição do Encontro dos Compositores e a segunda do Sarau no Ribeirão, dois eventos que foram unificados no mesmo local, encheu os olhos de muita gente e transbordou as almas presentes de música e poesia. Tivemos a presença de Luiz Sérgio, Ricardo Reis, Welbert Messias e  Valdir Júnior, Raul Mariano e Felipe Avelar, alem de rolar um palhinha do Cássio Morais e Marcos da banda Se7ima, tivemos também intervenção da poeta Patrícia Alhures – todos, em sua maioria, de Neves ou de regiões próximas. O Espaço Ateliê, que ficou pequeno para tamanha beleza, o clima aconchegante que atraía a atenção de quem passava perto. Tudo isso com boa comida e muita cerveja.

Sábado (27), o Festival continuou o levante de uma nova onda jovem na cidade: Quarteto Instrumental (Neves), Agbara (Belo Horizonte), S.O.S Periferia (Santa Luzia), [FS]No Fakes (dançarinos de free step – Neves) e Pequena Morte (Belo Horizonte) se apresentaram na Praça Central de Ribeirão das Neves, e deixaram o público saciado de cultura de qualidade. Público esse que, no início, se mostrou um pouco tímido, mas pouco a pouco sentiu que a cultura é para todos e dançou, pulou, bebeu, brincou e se divertiu ao som de qualidade e gratuito. Inúmeras máquinas fotográficas se mostraram presentes, demonstrando a vontade coletiva de registrar esse momento e esse festival que uniu vários gostos diferentes num só local, com uma só vibe.

Domingo (28) 9h30, no Parque “Ecológico” de Ribeirão das Neves, esportistas diversos (skatistas, slackliners, ciclistas, etc) presenciaram um Workshop de Slackline e um Campeonato de Skate, acontecimentos que fizeram a ocupação do espaço público ainda mais divertida. Nem o sol escaldante da tarde desencorajou o pessoal do esporte, o ânimo transmitido demonstrou isso.

A partir de 17h, também na praça central de Ribeirão das Neves, Coiotes S.A. (Neves), Coletivo Dinamite (Belo Horizonte), Se7ima (Neves) e Vivendo do Ócio (Salvador – BA), pincelaram mais uma camada de inovação na cidade. Fãs de localidades distantes vieram prestigiar suas bandas favoritas. Já no início o local se encontrava em processo de lotação por pequenas estrelas à espera de música boa pra brilharem – muitas se dirigiam à banquinha Fora do Eixo e a banquinha Semifusa, ambas repletas de CDs, camisas, chaveiros e informativos produzidos pelo setor independente.

Essa terceira edição do Festival Pá na Pedra marcou a memória de muita gente e, ano que vem, quer esse mesmo público com esse fôlego. Agradecimentos de toda família Semifusa aos presentes em alguma das atividades. Que venha o Festival Pá na Pedra 2013!

VEJA MAIS FOTOS AQUI

Ação do Pá na Pedra nas escolas

As atividades de formação do Festival Pá na Pedra, realizadas pelo Coletivo Semifusa, contemplaram nos dias 23, 24 e 25 de outubro as escolas João Gonçalves Neto, José Bonifácio Nogueira, Maria da Piedade e a Cidade dos Meninos São Vicente de Paulo, projeto social do Sistema Divina Providência, todos no município de Ribeirão das Neves, com uma ação junto aos alunos dessas escolas.

Foram aplicadas oficinas com a proposta de fomentar uma questão nas jovens mentes do ensino médio, “O que você sabe sobre Neves?”. Colocando à proposta em pauta, foi grande a repercussão no debate, política, cultura, infraestrutura, educação, ativismo, mídialivrismo e o papel social da nova geração foram discutidos de forma livre e integrante.

Durante os três dias de oficinas nas escolas, cada vez mais foi confirmando algo ja imaginado pelos membros do Coletivo, que nossa cidade possui uma juventude ativa, “antenada”, disposta a debater e a contribuir com a construção de debates e atividades que visam a construção de um futuro diferente do que o senso comum diz, e não o contrário como ressaltam em outros cantos da cidade. Destruindo o rótulo de que Ribeirão das neves nunca passará de uma “cidade domitório” que é conhecida somente por sua grande quantidade de presidios.

No término de mais essa etapa do Festival Pá na Pedra, toda a equipe de produção se sente orgulhosa por ter partilhado este momento com todos os jovens que participaram, tendo a certeza de que este diálogo se estenderá no pós-festival.

Shows na Praça Central de Neves – Pá na Pedra 2012

É nesse fim de semana! Os shows acontecerão nos dias 27 e 28 de outubro, na Praça Central de Ribeirão das Neves, bem no coração da cidade.

O palco do Pá na Pedra receberá três bandas locais (Se7ima, Coiotes S.A. e Quarteto Instrumental) três bandas de Belo Horizonte (Agbara, Coletivo Dinamite e Pequena Morte), a banda SoS Periferia, de Santa Luzia, e Vivendo do Ócio que é de Salvador (BA), banda que ganhou o VMB, o prêmio de Aposta MTV e já foi anunciada como atração do festival Lollapalooza 2013.

 

Sai bais sobre cada banda AQUI.

Alem  dos shows no domingo teremos campeonato de skate e workshop de Slackline as 09h30 no Parque Ecológico.
 
%d blogueiros gostam disto: